FAQ

General Questions

O que é o projeto Open Doors (Portas Abertas)?

O projeto Open Doors (Portas Abertas) da OTW (Organização para Obras Transformativas) busca preservar obras de fãs para o futuro. Nosso objetivo específico é preservar projetos de fãs que poderiam ser perdidos devido à falta de tempo, interesse ou recursos por parte de quem atualmente os mantém.

Quais os Termos de Serviço para os projetos do Open Doors (Portas Abertas)?
Por que a importação de outros arquivos para o AO3 deve ser feita pelo Open Doors (Portas Abertas)?

Para a OTW (Organização para Obras Transformativas) e o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo), é de extrema importância que fãs que tenham criado obras recebam os devidos créditos e tenham o máximo de controle sobre suas obras. O Open Doors (Portas Abertas) tem ferramentas e procedimentos padronizados para garantir que será feito o que for possível para entrar em contato com as pessoas responsáveis antes e depois da importação de suas obras para o AO3 (para que fiquem cientes do que está acontecendo e tenham oportunidade de falar conosco, se necessário), para que sejam dados os devidos créditos, e para que tenham a oportunidade de reivindicar/apagar/orfanar/modificar suas obras quando desejarem.

Tenho outras perguntas! Onde posso encontrar mais informações?

Por gentileza, entre em contato com o comitê do Open Doors.

For Archivists

Por que eu transferiria meu arquivo online/projeto de fã para o Open Doors (Portas Abertas) e a OTW (Organização para Obras Transformativas)?

Há várias vantagens em fazer backup ou transferir as obras de fã do seu arquivo.

  • Preservação a longo prazo: O seu arquivo será mantido com suporte mesmo que você não tenha mais acesso à internet, interesse ou tempo.
  • Infraestrutura: A OTW (Organização para Obras Transformativas) está preparada para introduzir pessoas voluntárias e dar conselhos e assistência técnica para manter e aumentar a sua coleção ou projeto.
  • Incentivo a contribuições: Você tem mais chances de conseguir pessoas que invistam tempo e energia em trabalho voluntário ou contribuições para o projeto se elas tiverem uma expectativa real de que seu trabalho será preservado no futuro.
  • Apoio financeiro em um ambiente sem fins lucrativos: A OTW nunca irá explorar o seu trabalho ou as contribuições ao seu projeto para lucro individual.
Vocês fornecem espaço em servidores para qualquer projeto de fã que precise?

O Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) acolhe obras de fã de qualquer tipo, mas nossos recursos para apoiar projetos que não podem ser facilmente integrados ao AO3 são limitados. Nós estamos à disposição para conversar com responsáveis por qualquer projeto de fã que precisem da nossa ajuda, mas não fornecemos hospedagem geral de sites como um ISP. Um projeto especial que precise de seu próprio espaço no servidor ou outros recursos precisará ser aprovado pelo Conselho de Administração da OTW (Organização para Obras Transformativas) como uma coleção especial antes de ser integrado.
Responsáveis por coleções integradas através do Open Doors (Portas Abertas) também precisam concordar com os Termos de Serviço do Portas Abertas.

Eu administro um arquivo que eu gostaria de importar para/fazer backup no Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo). O que eu devo fazer?

Entre em contato com o Open Doors (Portas Abertas), e podemos discutir o seu arquivo e criar um plano de importação detalhado. Por favor, nos informe desde o início se você tem necessidades especiais — por exemplo, se o seu arquivo contém conteúdo multimídia. Quando entrarmos em acordo sobre o projeto, nós e você divulgaremos a importação.
O que precisaremos de você e/ou da sua equipe de moderação:

  • Comprometimento para trabalhar com o Portas Abertas, pelo menos durante o período de importação. Precisaremos pausar a importação se a equipe de moderação não estiver disponível e não houver ninguém com quem possamos trabalhar.
  • Participação no processo de divulgação
  • Consentimento para seguir as diretrizes do Portas Abertas sobre atribuição de crédito em obras importadas, providenciando informações para a importação e ajudando participantes a reivindicarem suas obras
  • Se o arquivo original permanecer online, a habilidade de editá-lo a pedido de participantes para apagar obras, ou fazer mudanças de autoria
E se eu quero preservar obras de fã não digitais, como zines, arte, fitas cassete, folhetos e programas de convenções?

No início de 2009, o Open Doors (Portas Abertas) lançou o Fan Culture Preservation Project (Projeto de Preservação da Cultura de Fãs) em conjunção com o Departamento de Coleções Especiais das Bibliotecas da Universidade de Iowa. Este projeto é dedicado à preservação de artefatos de fã, como letterzines, fanzines e outras obras de fã e artigos não digitais. Entre em contato com o comitê do Portas Abertas para mais informações sobre a doação de zines ou outros artefatos de cultura de fãs para o Projeto de Preservação da Cultura de Fãs.

Eu tenho o direito de transferir/fazer backup do meu arquivo no Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo)? Afinal, eu não escrevi todas estas histórias!

Você pode não ter escrito todas as histórias, mas ao moderar um arquivo, você aceita a responsabilidade de mantê-las online e acessíveis. Acreditamos que transferir um arquivo para o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) seja o equivalente a fazer uma troca de web host ou ISP, ou instalar um pacote de software atualizado para o arquivo; é semelhante a uma biblioteca que muda uma coleção de lugar.

Como o Open Doors (Portas Abertas) pode ajudar a importar ou fazer backup de um arquivo?

Estamos à disposição para ajudar quem mantém arquivos a transferir seu conteúdo para o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo)! No momento não somos capazes de fazer importação em massa de arquivos, mas podemos facilitar importações manuais e fornecer suporte em:

  • Divulgação: publicar a importação através dos canais de mídia da OTW e responder perguntas
  • Procedimentos: fornecer ferramentas que automaticamente enviam convites (quantos você precisar) e e-mails que permitem a reivindicação de obras, assistência para encontrar obras a serem importadas, instruções e ajuda com dúvidas sobre o AO3 (coleções, tags, etc.)
  • Suporte Técnico: se desejar, podemos ajudar com a criação de backups e/ou com o redirecionamento de URLs

Arquivos serão preservados no AO3 como Coleções, e como você moderou o arquivo original, receberá um convite para moderar a coleção no AO3. Durante a importação, dependeremos de você e/ou de pessoas designadas por você para:

  • Dar feedback em rascunhos e sugestões de tags no AO3
  • Importar as obras
  • Divulgar a importação para membros do arquivo (por e-mail, posts em comunidades relacionadas, etc.)

Se você não quiser mais se envolver com o arquivo depois da importação, pode designar outra pessoa para manter a coleção ou fechá-la para novas submissões. (Se alguém eventualmente se voluntariar para manter uma coleção fechada, tentaremos entrar em contato com você para perguntar se gostaria de transferir a coleção. A transferência apenas será feita com a sua aprovação.)

Em casos em que o domínio do site do arquivo original ainda estiver disponível, talvez possamos configurar o redirecionamento automático das URLs originais para os novos endereços no AO3, preservando links existentes, mas não isso é garantido.

Apesar de ajudarmos frequentemente na importação de arquivos que estão fechando (ou já estão offline), o Open Doors (Portas Abertas) deveria estar envolvido sempre que alguém planeja importar obras em nome de outra pessoa. Por exemplo, se você gostaria de fazer backup de um arquivo ativo para o AO3, usar o AO3 como uma extensão do seu arquivo, criar uma conta memorial para uma pessoa próxima ou qualquer outra situação, por favor entre em contato com o Portas Abertas.

Arquivos que foram integrados ao AO3 também serão listados na galeria do Portas Abertas.

Para fãs com obras arquivadas

Eu publiquei minha obra em um arquivo que é agora parte do Open Doors (Portas Abertas). Se eu não a quero mais lá, posso removê-la?

Sim, com certeza. Acesse “Como eu terei controle sobre minhas obras importadas?”. Também teremos prazer em trabalhar com você para encontrar alguma solução diferente do apagamento para preservar sua obra como parte de uma coleção do arquivo de forma que lhe deixe confortável. Como observamos acima, nós oferecemos a opção de “orfanar” a sua obra, o que mantém a obra visível, mas remove qualquer informação que a conecte a você.

Porque de repente minha obra está no Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo)?

Porque a pessoa responsável pelo arquivo que você usava decidiu migrar para o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo). Embora as ferramentas do AO3 sejam projetadas para dar o máximo de controle individual possível para fãs, no caso de grandes arquivos acreditamos que arquivistas têm responsabilidade e autoridade pelo corpo de obras como uma coleção. Arquivistas movem arquivos para diferentes provedores, atualizam softwares que organizam as obras, trocam de webhosting, etc. para manter a coleção de obras de fãs viva, online e unida. Transferir ou fazer backup de uma coleção no AO3 é apenas mais uma forma de garantir a acessibilidade de um arquivo em longo prazo. Arquivistas poderão manter o controle sobre a coleção se desejarem e podem estabelecer regras, etc. Ainda assim, se você individualmente desejar remover as suas obras do arquivo original ou do AO3, nós oferecemos ferramentas simples para fazê-lo; acesse mais informações abaixo.

Como saberei se um arquivo com uma obra minha será importado para o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo)?

Antes de importar um arquivo nós publicaremos um anúncio no blog de notícias do Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo), no blog da TransformativeWorks.org, no Dreamwidth e LiveJournal da OTW (Organização para Obras Transformativas), no Tumblr, e na conta do Twitter do AO3: @ao3org. Também encorajamos a equipe de manutenção do arquivo importado a divulgar o processo de importação no arquivo original (quando possível) e através de outros meios que acreditem atingir as pessoas afetadas. Como muitos arquivos em risco são mais antigos, onde grande parte da comunidade pode ter mudado de interesse e/ou alterado suas informações de contato, não podemos garantir que todas as pessoas atingidas ficarão sabendo antes do procedimento, mas faremos o possível para informar a comunidade.

Como posso saber se minha obra foi importada para o AO3?

Quando ocorrer uma importação, um e-mail será enviado para os endereços de e-mail associados às contas no arquivo antigo de todas as pessoas cujas obras foram importadas. Isso significa que se você não tem mais acesso a esse endereço de e-mail, você não receberá a notificação automática – nós esperamos que a publicidade ao redor do processo ajude todas as pessoas afetadas a receber a informação. Nós mantemos uma lista de arquivos importados na Galeria de Coleções Especiais do Open Doors (Portas Abertas).

O que vai acontecer quando a minha obra for importada para o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo)?

Quando a sua obra é importada para o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo), diversas coisas acontecem:

  1. Enviaremos um e-mail para o endereço de e-mail registrado no arquivo importado, notificando sobre a mudança.
  2. Se você já tem uma conta no AO3 sob o mesmo e-mail, suas obras serão automaticamente sincronizadas à sua conta. (Quaisquer obras que você já tiver importado usando a ferramenta Importar de URL no AO3 não serão importadas novamente.)
  3. Se você já tem uma conta, mas sob outro endereço de e-mail, você ainda poderá reivindicar suas obras através dos links fornecidos no e-mail de notificação.
  4. Se você não tem uma conta no AO3 sob aquele endereço de e-mail, você receberá um convite para criar uma, em seguida reivindicando as obras importadas e as associando a essa nova conta.
  5. Suas obras importadas serão restritas a pessoas logadas no AO3 por padrão até que você as reivindique e opte por torná-las visíveis para o público mais amplo ou não. Em alguns casos (especialmente quando o arquivo original era acessível pelo público e a pessoa que o administrava assim deseje) as obras serão liberadas para visualização pública como padrão após três meses, independente de terem sido reivindicadas ou não.
E se eu não tenho uma conta no Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo)?

Quando um arquivo é importado para o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) você receberá uma notificação por e-mail. Se você ainda não tem uma conta, receberá também um convite para criar uma conta do AO3 (sem precisar inscrever-se na fila para convites). Yay! Se você já tiver uma conta, poderá reivindicar as obras para a conta que já possui.

Como terei controle sobre minhas obras importadas?
  • Se o seu endereço de e-mail no arquivo original for o mesmo associado à sua conta no Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo):
    1. Você receberá um e-mail lhe notificando sobre suas obras importadas e elas serão sincronizadas à sua conta.
  • Se você tem acesso ao endereço de e-mail associado à sua conta no arquivo original, você receberá um e-mail lhe notificando sobre as importações e com as opções a seguir:
    1. Reivindicar suas obras no AO3 e criar uma nova conta à qual elas serão associadas (isso significa que você criará uma conta no AO3 se ainda não tiver uma). Você poderá então editar, apagar, etc, da mesma forma que controla qualquer obra que postar no AO3.
    2. Reivindicar as obras importadas e associá-las à sua conta já existente no AO3. Você poderá então editar, apagar, etc, da mesma forma que controla qualquer obra que postar no AO3.
    3. Apagar as obras importadas. Se você fizer isso também poderá optar por impedir qualquer importação futura associada a esse endereço de e-mail para o AO3.
    4. Orfanar as obras importadas. Isso mantém as obras no AO3, mas impede que qualquer conta as controle. Você pode escolher se deseja remover o nome utilizado no arquivo original ou se prefere mantê-lo como um pseudônimo. (Por favor observe: se você optar por orfanar as suas obras, é importante que antes você verifique e edite todas as informações que possam lhe identificar.)
  • Se você não tem mais acesso ao endereço de e-mail associado à sua conta no arquivo original:
    1. Contate o Portas Abertas com o nome da sua conta no arquivo original e qualquer outra informação que possa auxiliar na sua identificação.
Como as pessoas poderão encontrar a minha obra?

O arquivo importado será transformado em uma coleção do Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo), então preservará sua distinção e poderá ser navegado de forma independente do arquivo principal. Obras importadas também poderão ser acessadas através das páginas principais do AO3 (então você poderá encontrar uma nova audiência!). Quando possível, vamos implementar o redirecionamento do domínio original do arquivo para o AO3: informaremos isso caso a caso.

E se eu já publiquei uma cópia da obra sendo importada no Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo)?

Se você importou a obra do arquivo original usando nossa ferramenta de importação, ela não será importada novamente e a sua cópia existente será automaticamente associada à nova coleção. Se você publicou a sua obra manualmente ou a importou usando outra URL, então você terá que decidir o que fazer com a duplicata. Tendo em mente que quando possível, os endereços de web das obras importadas vão redirecionar para a cópia importada da sua obra (para preservar listas de recomendação e favoritos), você pode:

  • Aguardar a ferramenta de fusão, atualmente em desenvolvimento, que poderá combinar os acessos e comentários das duas versões enquanto mantém um único corpo de obra (e preservando o link de redirecionamento, quando aplicável).
  • Deletar a cópia importada (quebrando o link de redirecionamento, quando aplicável) e acrescentar a cópia preexistente à coleção do arquivo importado.
  • Deletar a versão preexistente no AO3.
  • Quando aplicável, solicitar que o Portas Abertas redefina o link de redirecionamento para a cópia preexistente no AO3. Para fazê-lo, por favor entre em contato com o Open Doors (Portas Abertas) com o nome da sua conta no AO3, o nome da sua conta no arquivo original e os links para as obras que deseja redefinir.
Por que vocês estão importando as obras para o AO3? Não podem simplesmente salvar o arquivo como um todo e hospedá-lo nos servidores do AO3?

Preservar a história de fãs é uma parte central da nossa missão – nós amamos a pluralidade do fandom e desejamos que existam muitos arquivos individuais e queremos garantir que, se alguém não tiver mais as condições para manter um arquivo, que esse pedaço da história não se perca. Nós adoraríamos preservar os arquivos propriamente ditos, mas os recursos necessários são grandes demais: cada arquivo precisaria ter seu próprio espaço de servidor, uma equipe de programação para atualizar e/ou reescrever o código, uma equipe de moderação, etc. Ao importar para o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) na forma de coleções distintas, nós podemos salvar aspectos fantásticos da criatividade de fãs e um pouco dessa identidade individual, ao mesmo tempo que garantimos a manutenção de um único código, um lote de servidores e uma equipe de suporte.

E se eu não quiser que minhas obras sejam importadas?

Entre em contato com o Open Doors (Portas Abertas) com o endereço de e-mail registrado no arquivo original e peça que esse endereço seja bloqueado. Um bloqueio no endereço de e-mail impedirá que a ferramenta de importação em massa importe qualquer obra associada a esse endereço. Se você não tem mais acesso ao endereço de e-mail que deseja bloquear, por favor inclua qualquer informação que possa ajudar na sua identificação. Por favor entenda que nesses casos cada solicitação será avaliada com cuidado para autorizar ou não o bloqueio.

Fan Culture Preservation Project

Os arquivos serão disponibilizados digitalmente?

A OTW (Organização para Obras Transformativas) e a Universidade de Iowa estão buscando maneiras de digitalizar alguns desses materiais para permitir que fãs possam acessá-los, mesmo sem se deslocar até Iowa, nos Estados Unidos. Esperamos conversar com as pessoas que criaram essas obras para obter sua permissão para compartilhá-las online de forma mais abrangente.

Mas e a privacidade de fãs? Muitas pessoas publicaram suas obras usando seus nomes civis.

O respeito aos direitos e privacidade de fãs é prioridade máxima tanto da Universidade de Iowa quanto da OTW (Organização para Obras Transformativas). Em geral, as listas públicas incluirão apenas o título e fandom (por exemplo, Blake’s Seven: The Other Side 1, 3 [1986-1987]), da mesma maneira que uma revista é listada em um catálogo de biblioteca. Entretanto, esperamos obter a permissão das pessoas que criaram e editaram essas obras para compartilhá-las online de forma mais abrangente.

Posso pegar esses materiais emprestados através de programas de empréstimo entre bibliotecas?

Os itens na coleção permanecerão na Universidade de Iowa. Contudo, a equipe de Coleções Especiais está disposta a xerocar e enviar até 100 fotocópias para membros da academia e outras pessoas interessadas. Será cobrado um preço de cerca de 25 centavos de dólares por página, de acordo com seu procedimento padrão.

Posso deixar minha coleção de fã para esse projeto no meu testamento?

Sim. Podemos ajudar com uma declaração apropriada sobre a doação das suas obras como herança.

Se eu tiver materiais para doar, com quem devo falar?

Entre em contato com o comitê do Open Doors (Portas Abertas) para receber auxílio sobre como doar para este projeto.

Eu tenho caixas (ou prateleiras, quartos, casas) cheias de zines! Não consigo pagar o envio para Iowa!

Podemos ajudar! Além de auxiliar com o envio, o Fan Culture Preservation Project
(Projeto de Preservação da Cultura de Fãs) pode providenciar a retirada de doações pela UPS. Não deixe que custos ou tamanho impeçam suas doações.

O Fan Culture Preservation Project (Projeto de Preservação da Cultura de Fãs) possui algum critério quanto ao idioma ou país de origem das doações?

Não. Tanto o Fan Culture Preservation Project (Projeto de Preservação da Cultura de Fãs) quanto a Universidade de Iowa têm interesse em coletar materiais de fãs ao redor do mundo, incluindo aqueles que não estejam em inglês ou que sejam de países onde se falam outros idiomas. No entanto, assim como doações americanas, nossa capacidade de ajuda com o frete dependerá dos recursos disponíveis.