Perguntas Frequentes

Questões Gerais

O que é o projeto Open Doors (Portas Abertas)?

O projeto Open Doors (Portas Abertas) da OTW (Organização para Obras Transformativas) dedica-se à preservação de obras de fãs para o futuro. O nosso objetivo principal é preservar projetos de fãs que poderiam de outra forma desaparecer devido à falta de tempo, interesse ou recursos por parte da pessoa responsável atual.

Quais são os vossos Termos de Serviço para os projetos do Open Doors (Portas Abertas)?
Porque é que é necessário que as importações de arquivos para o AO3 passem pelo Open Doors (Portas Abertas)?

É extremamente importante para a OTW (Organização para Obras Transformativas) e para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo) que as pessoas criadoras originais de quaisquer obras de fãs sejam reconhecidas e tenham o máximo de controlo possível sobre as suas obras. O Open Doors (Portas Abertas) tem ferramentas e práticas padrão para assegurar que são feitos esforços razoáveis para entrar em contacto com as pessoas criadoras antes e depois de as suas obras serem importadas para o AO3 (para que saibam o que está a acontecer e para que tenham a oportunidade de entrar em contacto connosco se necessário), de forma a que todas as pessoas criadoras tenham sempre a oportunidade para reclamar/eliminar/orfanar/alterar as suas obras como quiserem.

Tenho mais perguntas! Onde posso colocá-las?

Por favor, contacta o comité do Open Doors.

Para Arquivistas

Porque é que eu haveria de querer transferir o meu arquivo/projeto de fãs online para o Open Doors (Portas Abertas) e para a OTW (Organização para Obras Transformativas)?

Há várias vantagens em fazer uma cópia ou transferir as obras do teu arquivo.

  • Preservação a longo prazo: O teu arquivo será mantido e suportado mesmo se perderes acesso à internet, interesse ou tempo.
  • Infraestrutura: A OTW (Organização para Obras Transformativas) está preparada para disponibilizar pessoas voluntárias, além de aconselhamento e ajuda técnica, para a manutenção e expansão da tua coleção ou projeto.
  • Encorajamento para contribuições: É mais provável que pessoas voluntárias e contribuidoras invistam o seu tempo e energia num projeto quando têm uma expectativa real de que o seu trabalho será preservado para o futuro.
  • Apoio financeiro num ambiente não lucrativo: A OTW nunca explorará o teu trabalho ou o trabalho das pessoas contribuidoras para lucro individual.
Fornecem espaço em servidor a qualquer projeto de fãs que precise?

Apesar de o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo) acolher obras de fãs de todos os tipos, os nossos recursos para suportar projetos que não podem ser facilmente integrados no AO3 são limitados. Embora estejamos disponíveis para falar com pessoas que façam manutenção de qualquer projeto de fãs que precise da nossa ajuda, não fornecemos alojamento genérico como um fornecedor de serviços de internet. Um projeto especial que precise do seu próprio espaço em servidor ou de outros recursos terá de ser aprovado pela Direção da OTW (Organização para Obras Transformativas) como uma coleção especial antes de ser integrado. A pessoa que faça a manutenção de uma coleção que seja integrada através do Open Doors (Portas Abertas) também tem de concordar com os Termos de Serviço do Open Doors.

Eu faço a gestão de um arquivo que gostaria de importar/fazer uma cópia de segurança para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo). O que é que preciso de fazer?

Contacta o Open Doors (Portas Abertas) e podemos falar sobre o teu arquivo e criar um plano detalhado para a importação. Por favor indica desde o início se tens necessidades especiais – por exemplo, se o teu arquivo inclui conteúdos multimédia. Quando chegarmos a acordo sobre o projeto, trabalharemos contigo na publicitação da importação.
O que vamos precisar de ti e/ou da(s) pessoa(s) co-moderadora(s):

  • Compromisso em trabalhar com o Open Doors pelo menos durante a importação. Teremos de colocar a importação em pausa se a(s) pessoa(s) moderadora(s) estiver(em) indisponível(is) e não houver ninguém para trabalhar connosco.
  • Participação no processo de divulgação
  • Consentimento em seguir as políticas do Open Doors sobre atribuir crédito em obras importadas, fornecer contexto para a importação e ajudar pessoas criadoras a reclamar as suas obras.
  • Se o arquivo original se mantiver online, a capacidade de o editar para apagar obras ou alterar os nomes das pessoas criadoras caso estas o peçam.
E se quiser preservar obras de fãs não-digitais, como zines, arte, vídeos em videocassete, panfletos e programas de convenções?

No início de 2009, o Open Doors (Portas Abertas) lançou o Fan Culture Preservation Project (Projeto de Preservação da Cultura de Fãs) juntamente com o Departamento de Coleções Especiais das Bibliotecas da Universidade de Iowa. Este projeto dedica-se a preservar artefactos de fãs tais como letterzines, fanzines e outras obras de fãs e recordações não-digitais. Contacta o comité Open Doors para mais informações sobre a doação de zines ou outros artefactos de cultura de fãs ao Fan Culture Preservation Project.

Tenho o direito de transferir/fazer uma cópia de segurança do meu arquivo para o Archive of Our Own – AO3 (Translation)? Afinal, não fui eu que escrevi todas estas histórias!

Podes não ter escrito todas as histórias, mas se fazes moderação de um arquivo, aceitaste a responsabilidade de as manter online e acessíveis. Acreditamos que transferir um arquivo para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo) é semelhante a trocar de alojamento web ou fornecedor de serviços de internet, ou a instalar uma atualização de software para o arquivo; é como uma pessoa bibliotecária a mover uma coleção.

Como é que o Open Doors (Portas Abertas) pode ajudar-me a importar ou fazer uma cópia do teu arquivo?

Temos todo o gosto em ajudar pessoas que fazem manutenção de arquivos a transferir os conteúdos dos mesmos para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo)! Embora atualmente não consigamos importar arquivos em massa, podemos ajudar-te a facilitar uma importação manual e podemos-te apoiar no seguinte:

  • Divulgação: publicitando a importação usando os canais de média da OTW e respondendo a perguntas
  • Procedimentos: fornecer ferramentas que automatizam o envio de convites (tantos quanto necessário) e emails que permitam às pessoas criadoras reclamarem as suas obras, assistência na monitorização das obras a ser importadas, instruções e ajuda com dúvidas sobre o AO3 (por exemplo, coleções, tags, etc.)
  • Suporte técnico: se desejares, podemos assistir na criação de cópias de segurança e/ou na configuração de redireção.

Os arquivos serão preservados no AO3 através da funcionalidade Coleções e, como pessoa(s) moderadora(s) do arquivo original, serias(m) convidada(s) a moderar a coleção no AO3. Durante esta importação, iremos depender de ti e/ou das pessoas voluntárias nomeadas por ti para:

  • Dar feedback sobre rascunhos e sugestões de tags no AO3
  • Importar as obras
  • Publicitar a importação a membros do arquivo (por exemplo, através de email, publicações em comunidades relacionadas, etc.)

Se, depois da importação, já não quiseres continuar o envolvimento com o arquivo, podes designar uma nova pessoa para manter a coleção, ou fechar a coleção a novas submissões. (Se uma pessoa voluntária mais tarde pedir para fazer manutenção de uma coleção fechada, iremos tentar contactar-te para perguntar se gostarias de transferir a coleção para o seu cuidado; só faremos esta transferência se recebermos a tua aprovação).

Em casos em que o domínio do site do arquivo original ainda esteja disponível, também poderemos configurar a redireção automática dos URLs originais para as novas localizações no AO3, preservando links existentes, mas não o podemos garantir.

Embora ajudemos frequentemente pessoas moderadoras a importar arquivos que estão a fechar (ou que já estejam offline), o Open Doors (Portas Abertas) deverá estar envolvido sempre que alguém planeie importar obras em nome de outra pessoa criadora. Por exemplo, se gostarias de fazer uma cópia de um arquivo ativo para o AO3, usar o AO3 como uma extensão do teu arquivo, criar uma conta em homenagem a uma pessoa amiga, ou qualquer outra situação, por favor contacta o Open Doors.

Arquivos que tenham sido integrados no AO3 também serão listados na galeria do Open Doors.

Para Fãs com Obras Arquivadas

Publiquei a minha história num arquivo que agora faz parte do Open Doors (Portas Abertas). Se eu já não quiser que ela esteja lá, podem removê-la?

Sim, absolutamente. Consulta “Como posso ter controlo sobre a minha obra importada?”. Também trabalharemos de bom grado contigo para encontrar uma solução que não seja a eliminação da tua obra, para que esta possa ser preservada na colecção do arquivo de uma forma com a qual te sintas confortável. Como mencionámos acima, oferecemos a opção de “orfanares” a tua obra, o que permitirá que a obra fique disponível mas sem qualquer informação identificável que queiras remover.

Porque é que a minha história está de repente no Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo)?

Porque a pessoa arquivista que controla o arquivo que usaste decidiu movê-lo para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo). Ainda que todas as ferramentas do AO3 tenham sido criadas para dar o máximo de controlo possível a cada fã, no caso de grandes arquivos nós acreditamos que a pessoa arquivista tem responsabilidade e autoridade sobre o conjunto de obras como uma coleção. Pessoas arquivistas já moveram arquivos para diferentes servidores, atualizaram o software que organiza as obras, alteraram o webhosting, etc. para manter a coleção de obras de fãs ativa, online e junta. Transferir ou fazer uma cópia de uma coleção para o AO3 é só mais uma forma de garantir que esse arquivo tenha uma acessibilidade duradoura. Além disso, a pessoa arquivista vai continuar a ter controlo sobre a coleção se assim o desejar e pode definir regras, etc. De qualquer forma, se houver fãs que queiram remover as suas histórias do arquivo original ou do AO3, nós providenciamos ferramentas fáceis de usar para tal; ver abaixo.

Como saberei se um arquivo com obras minhas vai ser importado para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo)?

Antes de importarmos um arquivo, nós publicamos um anúncio no blog de notícias do Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo), no blog do TransformativeWorks.org, nos Diários de Notícias no Dreamwidth e no LiveJournal, no Tumblr da OTW (Organização para Obras Transformativas) e na conta de Twitter do AO3: @ao3org. Nós também encorajamos as pessoas responsáveis pelo arquivo que estamos a importar a divulgar a importação no antigo arquivo (se possível) e noutros locais onde acreditem que outras pessoas utilizadoras possam ver a notícia. Visto que arquivos em risco são geralmente arquivos mais antigos nos quais muitas das suas pessoas utilizadoras já não participam e/ou alteraram os seus contactos pessoais, não podemos garantir que todas as pessoas afetadas serão informadas antecipadamente, mas faremos o nosso melhor para garantir que as pessoas saibam da mudança.

Como saberei se a minha obra está a ser importada para o AO3?

Quando há uma importação, as pessoas utilizadoras que têm obras a ser importadas receberão um email. Estes emails serão enviados para o endereço de email associado à conta do antigo arquivo. Isto quer dizer que se já não tiveres acesso a esse email, não receberás esta notificação automaticamente – esperamos que a restante publicidade acerca das importações ajude a assegurar que as pessoas afetadas sejam informadas. Nós mantemos uma lista de arquivos importados na Galeria de Coleções Especiais do Open Doors (Portas Abertas).

O que acontecerá quando a minha obra for importada para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo)?

Quando a tua obra for importada para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo), várias coisas acontecerão:

  1. Enviaremos um email para o endereço de email registado no arquivo importado a informar-te acerca desta mudança.
  2. Se já tiveres uma conta no AO3 com esse mesmo endereço de email, as tuas histórias serão sincronizadas para a tua conta automaticamente. (Quaisquer histórias que já tenham sido importadas por ti através da ferramenta de importação por URL do AO3 não voltarão a ser importadas.)
  3. Se já tiveres uma conta, mas associada a outro endereço de email, podes sempre reclamar as tuas histórias utilizando o link de reclamação no teu email de notificação.
  4. Se não tens uma conta no AO3 associada a esse endereço de email, ser-te-á enviado um convite para criares uma; assim, podes reclamar as tuas obras importadas e associá-las a essa conta.
  5. Por definição, as tuas obras importadas serão restringidas a pessoas utilizadoras que tenham sessão iniciada no AO3, até as reclamares e escolheres se queres que elas estejam visíveis ao público. Em alguns casos (especialmente quando o arquivo original estava aberto ao público e se a pessoa arquivista o pedir) as obras ficarão visíveis ao público, por definição, três meses após a importação, independentemente do facto de terem sido reclamadas.
O que acontece se não tiver uma conta no Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo)?

Quando um arquivo é importado para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo), receberás uma notificação por email. Se ainda não tiveres uma conta, tens a oportunidade de criares uma conta no AO3 (sem que tenhas de entrar na fila de espera de convites). Boa! Se já tiveres uma conta, serás capaz de reclamar as obras para essa conta.

Como posso ter controlo sobre as minhas obras importadas?
  • Se o endereço de email registado no arquivo original for o mesmo que está registado no Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo):
    1. Receberás um email a avisar-te que as tuas obras foram importadas e sincronizadas na tua conta.
  • Se tiveres acesso ao endereço de email associado com a conta do arquivo original, receberás um email a avisar-te que as tuas obras foram importadas e a dar-te as seguintes opções:
    1. Reclamar as obras no AO3 e criar uma conta nova com a qual ficarão associadas (o que quer dizer que vais ficar com uma conta no AO3 se ainda não tiveres uma). Poderás então editá-las, apagá-las, etc., tal como farias com uma obra que tenhas publicado no AO3.
    2. Reclamar as obras importadas e associá-las à tua conta do AO3 existente. Poderás então editá-las, apagá-las, etc., tal como farias com uma obra que tenhas publicado no AO3.
    3. Apagar as obras importadas. Se fizeres isto, terás também a opção de impedir que quaisquer outras obras associadas a esse endereço de email sejam importadas para o AO3.
    4. Orfanar obras importadas. Esta ação deixa as obras no AO3, mas estas deixarão de ser controladas por qualquer conta de pessoa utilizadora. Podes escolher se queres remover o nome ao qual estavam associadas no antigo arquivo, ou atribuir-lhes um pseudónimo. (Nota: Se escolheres orfanar as tuas obras, deves revê-las primeiro e remover qualquer dado que te identifique.)
  • Se não tens acesso ao endereço de email associado à conta do arquivo original:
    1. Contacta o Open Doors (Portas Abertas) com o nome da tua conta no arquivo original e qualquer informação que possa ajudar a verificar a tua identidade.
Como é que as pessoas podem encontrar a minha obra?

O arquivo importado será transformado numa coleção no Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo), para que se possa distinguir individualmente e ser navegado independentemente do arquivo principal. As obras importadas também serão acessíveis através das páginas principais do AO3 (para que possas ter mais pessoas leitoras!). Sempre que possível, colocamos redireções do domínio do arquivo original para o AO3: anunciaremos isto caso a caso.

E se eu já publiquei uma cópia da obra a ser importada para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo)?

Se importaste a obra do arquivo original através da ferramenta de importação, então a obra não será importada de novo e a tua cópia existente será associada automaticamente à nova coleção. Se adicionaste a obra manualmente ou importaste-a através de um URL diferente, então tens de decidir o que fazer com a cópia dessa obra. Tendo em mente que, sempre que possível, o endereço web do arquivo importado irá redirecionar para a cópia importada dessas obras (para preservar listas de recomendações e favoritos), tu podes:

  • Esperar pela ferramenta de união, atualmente em desenvolvimento, que pode combinar a quantidade de visitas e comentários de ambas as cópias, mantendo apenas um corpo de texto (e preservando o link de redireção, se aplicável).
  • Apagar a cópia importada (quebrando o link de redireção, se aplicável), e adicionar a cópia pré-existente à coleção do arquivo importado.
  • Apagar a cópia pré-existente no AO3.
  • Quando aplicável, pedir que o Open Doors reponha a redireção para a cópia pré-existente no AO3. Para fazer isto, por favor contacta o Open Doors (Portas Abertas) com o nome da tua conta de AO3, o nome da conta do arquivo importado e os links das obras para as quais queres redirecionar.
Porque é que estão a importar arquivos para o AO3? Porque não salvar o arquivo inteiro e alojá-lo num dos servidores da OTW?

Preservar a história de fãs é uma parte central da nossa missão; nós adoramos a pluralidade da fandom e queremos que existam múltiplos arquivos e assegurar que se alguém não conseguir manter um arquivo, que esta parte da fandom não se perde. Adoraríamos ser capazes de preservar os arquivos em si, mas os recursos requeridos são demasiado grandes: cada arquivo precisaria do seu próprio espaço no servidor, uma equipa de pessoas programadoras que fossem capazes de atualizar e/ou reescrever o código original, pessoas moderadoras dedicadas, etc. Ao importar arquivos para o Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo), transformando-os nas suas próprias coleções, conseguimos salvar a criatividade maravilhosa de fãs e um pouco dessa identidade individual, enquanto mantemos o apoio apenas a um conjunto de código, um conjunto de servidores e uma equipa de suporte.

E se eu não quiser que as minhas obras sejam importadas?

Contacta o Open Doors (Portas Abertas) com o endereço de email registado no arquivo que será importado e pede que esse endereço seja bloqueado. Um bloqueio desse endereço de email irá prevenir que a ferramenta de importação em massa alguma vez importe uma história associada a esse endereço de email. Se já não tiveres acesso ao endereço de email que queres bloquear, por favor inclui qualquer informação que possa ajudar a verificar a tua identidade. Por favor compreende que, nestes casos, cada pedido será analizado e aprovado com cuidado.

Fan Culture Preservation Project (Projeto de Preservação da Cultura de Fãs)

Os arquivos serão disponibilizados em formato digital?

A OTW (Organização para Obras Transformativas) e a Universidade de Iowa explorarão formas de digitalizar alguns destes materiais, de forma a que fãs lhes possam aceder mesmo se não se puderem deslocar ao Iowa, nos Estados Unidos. Esperamos contactar muitas das pessoas criadoras destas obras para obter permissão para as partilhar de forma mais ampla, online.

E quanto à privacidade de fãs? Há muitos casos de fãs que publicaram histórias usando os seus nomes próprios.

Tanto a Universidade de Iowa como a OTW (Organização para Obras Transformativas) têm como primeira prioridade os direitos e a privacidade de fãs. Listagens públicas normais incluirão apenas o título e a fandom da zine (i.e. Blake’s Seven: The Other Side 1, 3 [1986-1987]), tal como acontece com revistas listadas no catálogo de uma biblioteca. No entanto, esperamos obter permissão de pessoas autoras e editoras individuais para partilhar o seu conteúdo de forma mais ampla, online.

Posso requisitar estes materiais através de programas de empréstimo interbibliotecas?

Os itens desta coleção permanecerão na Universidade de Iowa. No entanto, a equipa de Special Collections [Coleções Especiais] disponibiliza-se a fotocopiar e enviar até 100 cópias a pessoas académicas e outras partes interessadas por um preço de até 25 cêntimos por página, de acordo com o seu processo normal.

Posso atribuir a minha coleção de fãs ao projeto no meu testamento?

Sim. Podemos ajudar-te com a redação adequada de um legado.

Se tenho materiais que quero doar, com quem devo falar?

Contacta o comité de Open Doors (Portas Abertas) para obter ajuda com doações a este projeto.

Tenho caixas (prateleiras/quartos/casas) cheias de zines! Não tenho possibilidades de as enviar para o Iowa!

Podemos ajudar! O Fan Culture Preservation Project (Projeto de Preservação da Cultura de Fãs) pode organizar não só o pagamento do envio de doações como também a recolha das mesmas pela UPS. Não deixes o custo ou o volume impedir-te de doar.

O Fan Culture Preservation Project (Projeto de Preservação da Cultura de Fãs) tem algum critério relacionado com a língua ou país de origem das doações?

Não: tanto o Fan Culture Preservation Project (Projeto de Preservação da Cultura de Fãs) como a Universidade de Iowa têm interesse em recolher materiais de fãs de todo o mundo, incluindo materiais que não estejam em inglês ou originários de países que não sejam de língua oficial inglesa. No entanto, como acontece com doações dos EUA, a nossa capacidade de ajudar com o envio dependerá dos recursos disponíveis.